You are currently viewing Livros de direito que todo advogado deveria ter

Quando se trata de advocacia, é inevitável não pensarmos em livros de direito que estejam relacionados à doutrina, ou mesmo os manuais e livros que contenham leis, certo?

Mas, não necessariamente são apenas esses os livros que você deve ter em casa como um estudante de direito, ou mesmo como um advogado já formado.

Separamos uma lista incrível de livros de direito para você adquirir e ler com prazer. Veja a seguir.

Dicas de livros de direito

1. 1984 George Orwell

Winston é o personagem principal desse livro, e ele vive em um futuro, o ano de 1984. O livro foi publicado em 1949, pouco tempo depois após a Segunda Guerra Mundial, onde existia ainda uma forte lembrança de todo o poderio nuclear com a bomba atômica e da força dos governos autoritários. 

Para contextualizar brevemente, Winston vivia numa cidade que um dia foi chamada Londres, que é onde fica o centro do governo e tem como líder, o Big Brother. Não se sabia ao certo se esse Big Brother era mesmo real, mas o significado é de que o governo está sempre nos observando. 

Para isso, eles fazem o uso das teletelas que filmam as pessoas e elas ficam em todos os lugares. Isso nos traz uma imagem autoritária do governo, que está tirando a nossa liberdade e nos vigiando 24 horas por dia.

Em determinado momento, Winston começa a questionar as leis vigentes e o Big Brother. Dessa maneira, ele começa a viver de maneira que consiga fugir do Estado, ele tenta ser livre 

O mais interessante é poder debater sobre a liberdade de expressão e até onde pode ir a autoridade dos Estados. 

2. O Sol é para todos

A história é narrada pela Scout uma menina de 6 anos aproximadamente, e é na visão dela que a história é contada e as pessoas, conflitos e lugares são descritos. No começo, Scout fala sobre sua vida escolar, já que não aceita a postura de sua professora e faz críticas direcionadas a ela. Scout aprendeu a ler em casa e não aceita o fato de ter que fingir que não sabe nas aulas. 

Já em outro momento, o livro nos mostra mais sobre o pai de Scout, um advogado que decide defender um homem negro sobre acuso de estupro. A história é emblemática, principalmente no que refere ao ano em que ela foi escrita e publicada, 1960. Assim, o advogado enfrenta muitas represálias provenientes da comunidade racista. 

3. Crime e Castigo

O ano em que o livro foi publicado foi em 1866 e a história é uma viagem pelo universo psicológico de um personagem, que logo no início do livro comete um crime terrível. Assim, ele terá que enfrentar as consequências desse ato e é sobre isso que fala o livro. Após o crime, o personagem se vê incapacitado de seguir com a sua vida pelo que fez. 

Românovitch Raskólnikov entrou para a história da literatura mundial por ter sido construído de maneira tão espetacular. Ele é um estudante, de 20 e poucos anos e é também muito introvertido, mora sozinho em uma pensão, na cidade que era a capital da Rússia no século XIX, São Petersburgo. O pai dele havia morrido e ele tinha uma mãe e irmã que tinham ficado no interior, assim Românovitch estava na capital com o objetivo de estudar e se formar em advocacia. 

Devido às circunstâncias da vida que ele estava levando na capital, aliadas ao seu temperamento, ele acaba cometendo o crime. Vale muito a pena ler essa história!

4. O Mercador de Veneza

Uma comédia de William Shakespeare que surgiu no fim do século XVI. O mercador de Veneza é um cristão chamado Antônio e que comercializa produtos do mundo inteiro, assim ele tem uma frota de navios mercantis que fazem viagens pelo mundo, trazem esse produtos e assim ele tem seu sustento. Antônio tem todo o seu dinheiro investido nesses navios, mas eles somem sem dar notícias e o personagem começa a ficar bastante preocupado. 

A história traz vários assuntos para discussão, como a discriminação racial, a violência e a intolerância. E é muito necessária entre os clássicos da literatura.

5. Na Colônia Penal

O arquipélago de Fernando de Noronha já serviu, por mais de 200 anos, como colônia. Até hoje é possível visitar as ruínas. O livro “Na Colônia Penal”, de Franz Kafka, escrito em 1914, tem esse cenário. E o livro é atual até os dias de hoje. 

A história mostra a viagem de um explorador a uma colônia francesa. Esse explorador acaba por descobrir um sistema que não dá direito de defesa ao acusado. Já imaginou? Com toda a certeza, vale muito a pena a leitura!

E aí? Gostou das dicas? Que tal iniciar suas aquisições e começar a leitura? Conta aqui para gente nos comentários dicas de livros de direito que você já leu ou que gostaria de saber mais e se você quer mais dicas, confira o artigo que preparamos com dicas de série de advogados.

Livros de direito que todo advogado deveria ter 1

Posicione sua advocacia de uma vez por todas no mundo digital...
CLIQUE AQUI 

Deixe um comentário

[Baixe o eBook]
Como posicionar sua advocacia na internet com impacto

Um guia para ingressar na internet e implementar de uma vez por todas sua advocacia nos canais digitais
[eBook]
FAÇA O DOWNLOAD GRATUITAMENTE!
RECEBER MATERIAL
close-link

Faça o download grátis aqui!

Basta preencher o formulário abaixo para receber o material.
RECEBER MATERIAL
close-link

Faça o download grátis aqui!

Basta preencher o formulário abaixo para receber o material.
RECEBER MATERIAL
close-link

Campanhas de Google Ads para Advogados.

Receba o contato de um especialista!

Nós vamos te ligar para um bate-papo.
AGENDE AQUI GRATUITAMENTE
close-link
Agende um Contato