Você está visualizando atualmente Como conciliar marketing e ética na contabilidade

Como conciliar marketing e ética na contabilidade

A ética é algo que anda lado a lado com o mundo profissional, mas como conciliar marketing e ética na contabilidade, por exemplo?

Essa é uma questão interessante, porque quando o assunto é marketing uma das primeiras coisas que vem à mente são aquelas propagandas apelativas. E isso nos leva a pensar, por sua vez, que fazer propaganda, ou fazer campanhas de marketing é antiético.

No entanto, não é bem assim. Realmente existem pessoas que usam o marketing (principalmente digital) de forma desonesta. No entanto, isso não é algo inerente ao marketing.

Marketing feito da forma correta exige que o respeito da ética contábil, afinal o objetivo final do marketing é vender algum (produto/serviço), mas sem ética não há confiança e sem confiança essa venda dificilmente acontecerá.

Dada a importância tanto da ética quanto do marketing para o contador, nesse artigo falaremos exatamente sobre isso, como conciliar marketing e ética na contabilidade.

Não ataque outros profissionais

Entre todas as instruções claras no código de ética do contador, talvez não difamar (falar mal) de outros profissionais seja a mais importante.

Por isso, foque em seu trabalho, foque na promoção do seu serviço. Principalmente ao fazer marketing, divulgar informações negativas sobre outros profissionais pode te gerar um problema enorme.

Preços tabelados

Outro ponto que tem bastante destaque na ética contábil é o alerta quanto aos preços cobrados. Alguns serviços podem ter um valor um tanto quanto subjetivo, porém outros podem ter um preço pré-determinado pela classe contábil.

Portanto, em algumas situações você não poderá reduzir seu preço com o objetivo de atrair clientes que procuram mais barato. Logo, na hora de fazer seu marketing, pense em outros aspectos que podem ser usados como atrativo para seu cliente.

Seja coerente

Como vimos no início, algo que mancha muito a imagem do profissional e ataca a ética na contabilidade é o uso, de forma apelativa, das técnicas para vender produtos/serviços.

Como profissional sério que segue a ética contábil, você deve buscar ser o mais coerente e honesto possível ao fazer marketing dos seus serviços.

Isso significa não prometer além do que você pode cumprir, ou ainda garantir coisas que não estão sob o seu controle. Essas coisas além de poder te complicar na profissão ainda trarão um sentimento de insegurança, com relação ao seu trabalho, aos clientes.

Apesar de alguns pensarem que é estritamente necessário ser apelativo para conseguir algo com o marketing, ser autêntico e coerente gera excelentes resultados. 

Porque quem entrar em contato com seu trabalho de marketing perceberá, de primeira, se você está sendo coerente ou apelativo na sua comunicação.

VEJA MAIS

Foque na experiência do cliente

O que deixa muitos clientes furiosos e muitos profissionais com imagem manchada é a falta de preocupação com a qualidade da experiência do cliente com seus serviços.

Sempre que possível peça o Feedback dos seus clientes sobre os serviços prestados, sempre há elogios e coisas a melhorar. E é a partir daí que você pode ir evoluindo a qualidade do seu serviço.

Isso não está diretamente ligado à ética, porém é algo que pode ajudar muito a fortalecer seu nome profissional. Consequentemente, suas campanhas de marketing tenderão a trazer melhores resultados.

Além disso, os clientes, ao perceberem que você se preocupa com sua experiência, certamente darão preferência aos seus serviços.

Marketing e ética na contabilidade

O marketing na contabilidade é fundamental para que você tenha sempre clientes para atender. Seguindo esses pontos que falamos aqui sobre ética contábil você conseguirá tirar o máximo do marketing sem comprometer a sua integridade profissional.

Dentre as modalidades de marketing que você pode usar, uma das que mais se destacam é o marketing digital. Através dele você alcança um número incrível de potenciais clientes. 

Porém, é fundamental, realmente, que você saiba como usar todo o potencial dessa modalidade de marketing de forma aliada a ética da contabilidade.

Apesar de ao longo do artigo termos destacado os pontos mais importantes, cada um de nós tem um senso crítico sobre o que pode ou não estar em desacordo com código de ética.

Minha sugestão é que sempre que você sentir que pode estar em uma zona perigosa, nesse sentido, faça uma busca sobre o assunto. Análise se, realmente, há pontos divergentes do código de ética.

Assim você evitará cair em qualquer situação desagradável que poderia ser evitada.

Espero que esse artigo tenha esclarecido como você pode fazer para conciliar a estratégias e técnicas de marketing à conduta exigida pela ética do contador. São duas coisas que precisam andar de mãos dadas, independentemente de qualquer coisa.

Qual dos pontos comentados aqui mais deixava inseguro quanto a ética contábil ao fazer marketing? Responda nos comentários.

Siga nossas redes sociais e fique por dentro de todas as novidades do mundo contábil.

Deixe um comentário

plugins premium WordPress

Quer falar com um de nossos consultores agora mesmo pelo WhatsApp?

🟢 Estamos Online

RECEBA UMA análise gratuita do marketing da sua empresa