Advocacia na internet: como transformar as barreiras da crise em oportunidades
Compartilhe com seus amigos 👍🌎❤️

A pandemia do COVID-19 é uma realidade em nosso país.

Sua presença traz muitas dúvidas sobre o futuro da advocacia e os profissionais já sentem o impacto da crise econômica.

Mas será que este é o momento de abandonar tudo pelo que você vem lutando para se tornar no mercado de trabalho?

Nós podemos te afirmar que não!

É o momento de reinventar-se, de deixar as desculpas de lado, de experimentar novas formas de fazer, de utilizar a tecnologia e a advocacia na internet com inteligência e de lutar para ajudar os seus clientes na resolução dos seus conflitos.

Afinal de contas, não será agora que os problemas se resolverão sozinhos, muito pelo contrário, tudo parece estar em ‘stand by’ mas este cenário é passageiro e os profissionais terão muito trabalho pela frente.

Como a pandemia impacta o exercício da advocacia no Brasil

Este momento de grande instabilidade vem causando diversas dúvidas e incertezas jurídicas em empresários, trabalhadores e consumidores que precisam se adaptar repentinamente à crise imposta para conter a propagação do coronavírus.

O surgimento de novos direitos e supressão de outros tantos trazem um novo desafio aos advogados: a necessidade de inovar em suas teses.

Desse desafio também surgem novas oportunidades e a nobre missão de auxiliar seus clientes em cada momento, não deixe que o desespero o faça deixá-los na mão.

Direito Trabalhista

O modo de trabalho durante a pandemia mudou, novos métodos tiveram de ser priorizados para garantir a segurança de todos.

Mas como ficam o trabalhadores neste período? E as empresas, como poderão passar por essa crise sem fechar as portas?

Através de consultorias, o advogado terá o papel de orientar ambas as partes e, caso ocorram violações nos seus direitos, representá-las em novas demandas judiciais.

Direito previdenciário

As mudanças estão bastante presentes na esfera previdenciária, visto que as ações tomadas pelo governo visam resguardar a população mais vulnerável ao vírus.

Por exemplo:  Como ficam as provas de vida neste período? E o atendimento nas agências, como pode ser realizado?

A criação de novos benefícios, alteração e adiantamento em outros causam dúvidas nos beneficiados e, assim como suspensão de deveres, devem ser analisadas minuciosamente.

Direito empresarial

Infelizmente, junto a pandemia, instaurou-se uma grande crise econômica não apenas no Brasil mas no mundo todo e as empresas estão entre as mais afetadas.

A advocacia deve estar preparada para auxiliá-las e evitar sua falência.

Além de todas orientação na área tribuária, garantindo que estas tenham acesso aos benefícios liberados pelo governo e defesa em passivos trabalhista que possam ocorrer devido a demissões.

Direito do consumidor

Viagens canceladas, aulas suspensas e eventos adiados, esses são apenas alguns dos impactos causados na vida do consumidor.

Estas situações geram tanto constrangimentos morais quanto prejuízos financeiros e, caso não haja resolução administrativa, o judiciário deverá ser acionado.

Direito médico

O atual cenário requer grande sensibilidade na proteção dos direitos daqueles que foram diretamente afetados pelo COVID-19.

Infelizmente, os planos de saúde ainda se mantém relutantes quanto a cobertura de exames e tratamentos.

A advocacia deve estar disponível para atender não apenas estes casos, como também resguardar os direitos do trabalhadores da área da saúde que ficam vulneráveis e, muitas vezes, sem os requisitos básicos de segurança, além de trabalhar com jornadas exaustivas.

A omissão do advogado neste momento não deve ser uma opção visto que muitas necessidades dos seus clientes não podem esperar.

Diminuindo os prejuízos da crise econômica

Há profissionais sentindo em menor proporção os impactos da crise em suas vidas e, enquanto muitos se abatem, outros festejam o sucesso e a prosperidade.

Eles conseguiram enxergar além dos obstáculos e adaptar o seu modo de trabalho com a realidade em que vivem e não o contrário.

Se você está apenas na inércia esperando que tudo volte ao normal sem tomar uma atitude, você está perdendo tempo e dinheiro.

Em vez de ficar focado nos problemas crie o hábito de buscar suas soluções e encontrar meios de conseguir conquistar os resultados que você deseja.

Lembre-se: a crise não tem poder sobre você e a sua vida, a menos que você resolva deixar.

Como você pode se preparar?

As novas situações e conflitos trazidos pela pandemia ainda não foram totalmente revelados.

Diariamente surgem novas demandas em matéria jurídica pois trata-se de uma situação nova em nosso país e muitas delas ainda sem previsão legal, necessitando de decretos e medidas provisórias para sua regulamentação.

É seu dever, como profissional, usar esse tempo longe do escritório para informar-se, manter-se atualizado, acompanhar decisões e estar preparado para instruir o seu cliente quando o momento chegar.

Após o fim da pandemia a previsão é de que teremos inúmeros inadimplentes, surgimento de novos direitos e deveres e um acúmulo gigantesco de demandas, além das que já estão em análise e tramitação.

Tudo isso exige técnica e conhecimento por parte dos profissionais que estarão em busca dos direitos dos seu clientes.

Viu só como você não pode ficar parado no tempo?

Você pode continuar exercendo sua profissão normalmente com a advocacia na internet

Como então mudar os resultados da sua advocacia, apesar da crise?

É claro que muitas dúvidas também estão surgindo e muitos cidadãos não querem esperar para vê-las sanadas então você pode continuar oferecendo seus serviços de maneira remota.

Neste momento é importante que você, advogado recorra a novos meios para exercer suas atividades.

A internet oferece inúmeros recursos para isso e deve ser explorada.

Como o número de pessoas conectadas aumentou devido a internet ser o meio de comunicação mais rápido e seguro nos dias atuais, ficou mais fácil também conseguir chegar até elas.

A prática é permitida pela OAB e requer poucos recursos:

  1. Um celular ou computador/notebook;
  2. Acesso a internet;
  3. Canal digital de comunicação;
  4. Presença digital

Anota aí porque essa receita irá lhe ajudar e muito a driblar essa crise.

Assim como todo brasileiro, tenho certeza que os 3 primeiros itens você já possui, veja como é fácil completar o check-list.

Conquiste o seu espaço

Presença digital é a maneira como seu escritório se afirma e usa os meios digitais para melhorar o relacionamento com os clientes, se mostrar diferente e capacitado a resolver seus problemas.

Ao contrário do que muita gente pensa, não é apenas criar um site e algumas redes sociais.

A presença digital é um processo que demanda tempo e é baseado em pesquisas, conteúdos, entendimento e aproximação do cliente e muito mais.

Em tempos de tanta incerteza, a população busca na internet a resposta para muitas de suas dúvidas, abrindo muitas oportunidades para que você esteja presente para auxiliá-la.

Nesta tarefa o marketing jurídico deve ser o seu aliado!

A publicidade na advocacia está pautada no conteúdo informativo e você pode conquistar o seu público lhes dando aquilo que mais procuram no momento: informação.

Construindo uma base sólida de confiança e demonstrando o seu compromisso é muito mais provável que este cliente lhe procure para uma consulta ou lhe contrate para solucionar um litígio.

Ferramentas da advocacia na internet que podem lhe ajudar

Você já imaginou quantos profissionais simplesmente fecham as portas do seu escritório neste período sem ao menos pensar em formas alternativas de continuar trabalhando?

Essa não é a hora de você entrar para o time do comodismo.

Você pode sim ajudar e atender o seu cliente aí da segurança do seu lar, através de plataformas como o WhatsApp, Skype, Whereby e Google Hangouts e assinar digitalmente documentos com assinadores digitais, como o Autentique.

Além disso, você tem mais um ponto a seu favor: o uso da tecnologia no poder judiciário, com a adoção de processos na forma digital, sendo possível peticionar e recorrer de decisões sem precisar ir até o fórum ou tribunal.

Apesar da decretação do fechamento destes estabelecimentos, a tramitação de processos de caráter urgente não serão paralisados.

Você não pode parar agora

Nenhum advogado quer mudar de área jurídica e de repente ver seus processos terem resultados negativos, perder um cliente ou seu lugar no mercado jurídico.

É fato que a instabilidade das relações entre pessoas afeta diretamente as relações jurídicas, mas cada situação vem para ser repensada e ressignificada.

Os profissionais necessariamente devem olhar para esse momento como uma oportunidade de fazer uma advocacia diferente.

Adotar essas medidas não é apenas encontrar modos de passar por isso hoje, é uma forma de garantir que o amanhã também venha repleto de oportunidades.

Advogado, você não está sozinho, nós podemos ajudá-lo a diminuir os impactos trazidos por esta crise econômica, solicite o seu orçamento e nos comunicaremos pelo canal digital que melhor atender suas necessidades.


Compartilhe com seus amigos 👍🌎❤️

Deixe uma resposta

GUIA GRATUITO

Saiba como posicionar sua advocacia na internet com IMPACTO

Preencha os campos abaixo para fazer download do material.

Fechar