Estratégias de marketing para advogados: vale ou não a pena?<span class="wtr-time-wrap after-title"><span class="wtr-time-number">7</span> min. de leitura</span>
Gostou? Compartilhe essa dica com seus amigos!
Classifique este post

Antigamente, quando precisávamos de algum serviço, procurávamos as páginas amarelas na lista telefônica, ou a página de classificados de um jornal. Certo? Hoje as coisas mudaram, e muito. E você bem sabe que 99% das pessoas, quando buscam respostas para seus problemas, vão atrás de soluções pela internet. E é através do que encontram que chegam ao profissional de sua escolha.

Portanto, não se engane achando que a velha estratégia do “boca a boca” é suficiente para conquistar novos clientes e manter a competitividade. Porque, no mundo digital de hoje, isso não poderia estar mais longe da verdade. Você pode ter um excelente escritório, ser um advogado competente e gabaritado – se você não tiver uma vitrine online que passe essa imagem, você certamente não está abrangendo o máximo de clientes em potencial que poderia.

Pense que, primeiro, o cliente em potencial vai atrás da solução para o seu caso. Se você mantiver um site atrativo, com um layout que passe credibilidade, e publicar nele textos informativos com uma linguagem acessível, você logo sai na frente. Somente após concordar com o que você diz é que esse cliente em potencial vai buscar saber quem você é e onde você está. Se seu site possuir uma ferramenta para que ele possa entrar em contato imediatamente com você, mais pontos positivos. Afinal de contas, essa busca pode estar ocorrendo em um sábado à noite – e provavelmente o cliente não irá querer esperar até a segunda-feira em horário comercial para tentar o contato telefônico.

Mas entenda que, para que tudo isso funcione, é necessário que quem desenvolva essa plataforma digital entenda muito bem o que está fazendo. Os resultados da busca, por exemplo, devem fazer com que o seu artigo seja bem ranqueado – já que poucas pessoas passam da segunda página da busca. Além disso, as soluções para o problema devem estar fáceis de encontrar, a navegação deve se dar de forma rápida e eficiente, e seu site deverá transparecer a autoridade que você possui sobre o assunto, além de dar opções para contato imediato.

Outra coisa muito importante é que o seu site deve ser navegável através de celulares, já que, segundo o IBGE (2018), cerca de 69% dos brasileiros acessa a internet via celular. Portanto, você não pode perder o dinheiro investido em um site que, nas telas dos aparelhos móveis, distorça as imagens, deixe o texto de difícil leitura, apresente formulários de contato que não concluam o envio das mensagens, e assim por diante.

Pense sempre como um cliente seu pensaria. Todos nós já fizemos buscas na internet. Por isso, sabemos como somos críticos com os resultados que encontramos. Quanto mais bem cuidada e bem elaborada a página que encontramos, maior credibilidade acreditamos que ela passa, e maior interesse iremos demonstrar pelo que ela tem a nos dizer. As plataformas digitais permitem que você conquiste o cliente sem que este precise se levantar da cadeira, o que torna muito maiores as chances de que ele te procure ainda que seu escritório esteja a uma distância considerável dele.

Com tudo isso, você já percebeu que tentar investir o mínimo possível, assumindo essa tarefa para si próprio ou delegando-a para o sobrinho, por exemplo, não te trarão os frutos esperados. Ou, pelo menos, não surtirão os efeitos que poderiam caso você estivesse assessorado por uma equipe competente e experiente em marketing digital, certo?

Portanto, ao pensar em migrar para o mundo digital, busque quem possa te oferecer todos esses serviços. Tenha sempre em mente que os clientes de advogados possuem problemas que exigem respostas e soluções rápidas. Com tanta concorrência no mercado, você certamente vai querer apresentar o melhor serviço possível. E o marketing feito de forma séria e responsável tem tudo para te oferecer o melhor retorno e o crescimento esperado.

Deixe uma resposta