Google Analytics: Como analisar o site da minha advocacia na ferramenta?
Gostou? Compartilhe essa dica com seus amigos!
Google Analytics: Como analisar o site da minha advocacia na ferramenta?
Classifique este post

Usar a ferramenta Google Analytics no seu site de advocacia é mais que fundamental para se obter um bom crescimento de sua empresa. Com o Google Analytics para a área de advocacia você consegue saber de onde vieram as visitas em seu site, se surgiu de anúncios pagos, dicas de sites de terceiros, por pesquisa natural, entre outros.

Estar ciente desses dados que a ferramenta proporciona é essencial, pois através disso você medirá melhor as futuras estratégias de ação, sabendo se vale a pena continuar investindo em anúncios pagos, se é preciso aumentar o número de clicks dos anúncios, se seu conteúdo para gerar pesquisa orgânica está com qualidade suficiente para atrair e manter as pessoas em seu site, etc.

São imensas as possibilidades que o Google Analytics proporciona para o seu site de advocacia. Conhecer os seus clientes e saber qual foi o caminho que os levou até o seu site são conhecimentos poderosos se usados da maneira correta.

 

Cuidado com as taxas de rejeição

O Google Analytics foi criado com o intuito de uma melhor análise do comportamento dos visitantes de seu site, se a ferramenta mostra que seus usuários estão se mantendo pouco tempo em sua página, que eles entram e já desistem na página inicial sem explorar as demais seções do site, ou que você só tem acesso por anúncio pago e o número de acessos orgânicos está baixíssimo. Isso significa que está na hora de fazer um novo estudo sobre o seu site, analisar a sua proposta, como valor agregado do seu serviço, slogan da empresa, verificar se seu site está sendo responsivo e adequado ao seu público alvo.

 

Usando o Google Analytics pela primeira vez

Ao se deparar com a ferramenta do Google, se você não teve muito contato com métricas, análise de dados e códigos, você pode acabar achando que é algo complicado e difícil de se utilizar, mas calma, é muito mais simples do que você imagina.

O Google Analytics tem uma aparência sofisticada, e te proporciona muitas informações necessárias, se você parar para analisá-lo, e seguir os passos que ele te indica, perceberá que ele é responsivo, e utiliza-lo é algo que com o tempo se torna natural, uma extensão do seu próprio site.

Para começar, a plataforma de analise irá precisar do link gerado pela programação do seu site, para ter acesso a tudo que o Google Analytics pode proporcionar para o seu site de advocacia.

Inicie pela análise de origem dos usuários, nela você saberá se o seu anúncio pago está tendo retorno e se você precisa mudar a estratégia do seu site, ou aumentar o investimento do anúncio. Para saber, basta analisar de onde os seus visitantes estão surgindo, e a quantidade de cada categoria, como em anúncios pagos, ou em pesquisa orgânica.

As ferramentas de comportamento e desempenho se complementam, com elas você analisa quais páginas tiveram mais atenção dos usuários, através do seu comportamento de navegação, e por quanto tempo o usuário se manteve em cada uma. Sabendo disto, você tem o poder de saber qual conteúdo está chamando mais atenção dos clientes, podendo melhorar os demais, e dar mais valor para o que já está dando certo.

O Google Analytics conta com grandes ferramentas para o seu site de advocacia crescer, vale a pena testa-lo e analisá-lo o máximo possível, para obter um bom proveito dessa ferramenta. Lembre-se que a sua empresa de advocacia é o seu negócio, e o quanto ela é importante para você, invista todo o tempo necessário com ferramentas que trarão verdadeiros resultados para o seu negócio, com tempo e dedicação você sentirá a verdadeira diferença e destaque entre os demais.

Deixe uma resposta