Descubra quanto ganha um advogado que passou a ser dono do seu próprio escritório

Descubra quanto ganha um advogado que passou a ser dono do seu próprio escritório

Todo advogado trabalha a frente de representar a população no que diz respeito às questões jurídicas,  traduzindo o interesse de cada indivíduo. Muitas vezes advogados iniciantes se encontram em uma posição de escolha sobre qual rumo seguir em sua carreira profissional.

O que poucos sabem, e aqui incluímos os estudantes da faculdade de Direito, é que a carreira jurídica certamente é muito ampla, no qual é possível investir em diversas em várias áreas com a possibilidade de definição por afinidade ou potencial do mercado.

Nesse post falaremos um pouco sobre a atuação e carreira de advogado, suas perspectivas e o quanto ganha um advogado dentre estes diversos cenários.

Trabalhando em escritório de advocacia – visão geral e quanto ganha um advogado nessa delimitação

O trabalho dentro de escritórios de advocacia é uma boa opção para aqueles que ainda cursam a faculdade, sendo um complemento prático do conteúdo abordado em sala de aula. Nada melhor do que a aplicação do conhecimento adquirido.

Será muito construtivo para sua carreira acompanhar as rotinas de um escritório de advocacia estabelecido, observando atividades e decisões tomadas por profissionais com maior experiência profissional.

Já  para quem busca impulsionar seu crescimento financeiro e outras circunstâncias que o Direito abrange, trabalhar um escritório pode ser muito limitante. 

Dentro desse âmbito o advogado ganha aproximadamente de R$3.000 a R$6.500, podendo haver variações de estado para estado,  especialização, carga horária e tempo de carteira da OAB.

Atuando como Advogado Público - visão geral e quanto ganha um advogado nessa delimitação

Diferentemente dos cargos iniciais em escritórios de advocacia, o concurso público exige do profissional um conhecimento muito mais avançado em matérias jurídicas e até mesmo fora do direito, pois a prova de admissão é bem aberta e complexa em termos de conteúdos.

Essa é uma opção muito cogitada entre os quase 100 mil estudantes de Direito que se formam por ano.

E essa atração se dá pela série de regalias que o profissional de cargo público tem acesso, como os benefícios e estabilidades de carreira.

Porém esta carreira o priva de ter acesso à outras oportunidades, é preciso pensar não apenas nos benefícios da carreira pública mas também  nas funções que serão exercidas e o quanto de satisfação pessoal você terá pelo seu trabalho. Esta escolha definitivamente é muito pessoal.

Mas sabemos que você ainda quer saber quanto ganha um advogado que optou pela carreira pública.  Trazemos estimativas para sanar sua curiosidade, mas tenha em mente que depende da área de atuação, estado e nível hierárquico podendo variar de:

  • Juiz Federal: R$ 21.537,64;
  • Juiz Estadual: R$ 16.000;
  • Promotor de Justiça: R$ 12.000;
  • Defensor público: R$ 11.200;
  • Delegado: R$ 9.000;
  • Procurador: R$ 26.000;
  • Desembargador: 30.000;

As possibilidades de atuação não acabam por aqui, há mais uma alternativa que atualmente é considerada mais atrativa que as anteriores por muitos advogados, especialmente por profissionais que desejam atuar sem se prender as amarras do concurso e escritórios de advocacia, ao mesmo tempo que consegue evoluir seu conhecimento profissional, tem maior liberdade sobre suas escolhas e chances de aumentar seus ganhos financeiros.

Dono do seu próprio Escritório de Advocacia

A OAB registrou que os advogados que possuem uma maior arrecadação anual são aqueles que trabalham na iniciativa privada ou com participação de sociedade de advogados, atuando em seu próprio negócio.

Sem ter que atender superiores e poder atuar da maneira como achar melhor diante de cada caso, além de ganhar a quantia que o seu esforço permite, sem barreiras.

Foi o caso da Dra. Andrea, 32, que nos contou que sua maior dificuldade seguindo a carreira neste sentido, foi a captação dos primeiros clientes. “Tive muita dificuldade para conseguir os primeiros clientes por falta de experiência profissional e em técnicas de negociação. Hoje é muito mais fácil com a internet.” Ela relata que atualmente está muito satisfeita com as possibilidades financeiras que a carreira de advogado empreendedor proporciona. Optou por retirar da sua advocacia em torno de 7 mil reais por mês, e completa: “Com este valor consigo tranquilamente sobreviver e deixo o restante para investimento no crescimento do escritório. Pretendemos mudar para um espaço maior em breve e quero aumentar minha equipe.”

A possibilidade de montar seu escritório de advocacia vai levar você a ter um impulso profissional e satisfação pessoal muito maiores. É evidente que o trabalho será grande, porém é ao seu favor, em função da sua reputação e experiência, não a de terceiros.

Para um dono de escritório não há limites, o salário pode ser de R$30.000 mensais ou um bônus generoso quando sair uma ação, tudo depende somente de sua escolha e as tomadas de estratégias para o fechamento de causas.

Conclusão: Quanto ganha um advogado é definido a partir das suas escolhas

O salário de nenhum profissional deve ser mensurado, afinal depende muito do seu esforço e comprometimento para alavancar sua carreira. Mas se você deseja focar em aumentar seus ganhos é interessante ter em mente que a concorrência é alta e se destaca quem se dedica constantemente aos estudos e à carreira. O limite é o sua capacidade técnica e esforço.

DICA: Montar seu próprio escritório pode ser a melhor opção para ter reconhecimento como especialista em determinado segmento, além de te proporcionar outras experiências como gestão e liderança. Caso queira saber como montar um escritório de advocacia investindo muito pouco clique aqui.

Deixe uma resposta