Como montar um escritório de advocacia com uma forma inovadora e de baixo custo

Como montar um escritório de advocacia com uma forma inovadora e de baixo custo

Ter o próprio escritório de advocacia é uma forma de quebrar as algemas que prendem o profissional a uma condição de trabalho e a um salário pré definido. É uma forma de alavancar sua sua carreira profissional e pessoal.

Com a criação do escritório, o advogado pode provar de uma maior liberdade de ação e autonomia, podendo investir muito mais em si e nas tomadas de decisões a partir do que acha melhor.

Ter essa autonomia na geração de resultados vai te possibilitar na transformação de referência dentre outros colegas da área.

Ou seja, maior renda, autonomia, satisfação pessoal e muito conhecimento para alavancar a sua carreira.

Mas como nem tudo são flores, é preciso primeiramente saber como montar um escritório de advocacia. Para isso estamos aqui com uma série de dicas práticas para orientar de modo eficiente no desenvolvimento do seu escritório.

Por onde começar para montar um escritório de advocacia?

Quando se fala em montar um escritório de advocacia as pessoas logo são transportadas mentalmente a um ambiente físico e chiquérrimo onde atenderá diariamente os seus clientes em uma linda sala de reuniões.

A  não ser que você já tenha recursos para investir neste cenário, o ideal é começar a empreender sem dívidas e contendo o máximo de custos. Hoje temos uma facilidade gigantesca fornecida pelas ações digitais, onde se torna muito mais cômodo a conversação e encontros via web. No qual evita deslocamentos, transformando seu projeto muito mais confortável e barato.

Ter um escritório físico é importante, mas para quem está começando ele pode ser substituído pelo online, onde há maior chance de converter visitantes do seu escritório em clientes, já que seu “escritório” estará aberto para todo o país. Mas como não sei sobre suas possibilidades de investimento, não vou descartar nenhuma alternativa, vamos começar nosso planejamento pela opção de montar um escritório físico.

Optando por local físico

Hoje há uma disposição de várias formas de atuar em locais físicos, antes era quase obrigatória a compra de um espaço para que pudesse ser considerado um  escritório de advocacia.

Esse caminho não foi totalmente descartado ainda é visado por muitos autônomos, porém existe a complicação financeira, onde a compra de um imóvel ou até mesmo a locação envolvem diversos custos adicionais, como:

  • Alimentação
  • Transporte
  • Água, Luz, Internet, Telefonia
  • Secretária ou alguém para atender os clientes na sua ausência
  • Mobiliário e equipamentos
  • Etc. 

Como mencionei anteriormente, para quem está começando este pode ser um caminho muito difícil, que pode acabar superando a vontade de ser um advogado empreendedor.

Portanto para facilitar o caminho para aqueles que estão iniciando, é mais sensato a opção de trabalhar em um Coworking ou até mesmo em Home Office.

NOVIDADE: Optando por Coworking e/ou Home Office

Vamos falar primeiramente do Home Office, que vem propor uma nova forma de se trabalhar, onde todas as ações são possíveis a partir do computador e de internet que (provavelmente) você já tem na sua casa. Evitando assim gastos exorbitantes com móveis, reforma e locação escritórios.

Saiba que trabalhar em casa já se tornou o futuro, cada vez mais empresas (inclusive com escritório físico) vem adotando esta estratégia de home office para redução de custos.

O ideal é reservar um espaço da sua casa para realizar seu trabalho como se estivesse em um escritório, podendo receber clientes em Coworkings onde é possível contratar especificamente para reuniões (e apenas quando houver essa necessidade).

Em segundo lugar você pode optar por trabalhar integralmente em um Coworking, que normalmente são ambientes menores que uma sala comercial e que são compartilhados por outros profissionais. É uma alternativa interessante porque além da economia de gastos, você tem a oportunidade de trabalhar com diversos outros profissionais, advogados ou não, o que pode surgir boas oportunidades através de networking.

É importante avaliar primeiramente seu perfil profissional para avaliar o que é adequado. Trabalhar em casa não significa acordar meio dia e sentar no computador de pijama, é preciso o mesmo comprometimento e rotina de trabalhar fora, caso contrário não funciona. Já no coworking você terá pequenos custos adicionais que devem ser levados em consideração, como alimentação e transporte.  

Mas ambas possibilidades são relevantes para o advogado empreendedor iniciante, e com essa definição você terá o primeiro passo para iniciar a sua “operação”. Após isso é preciso pensar em como você vai alcançar seus clientes para eventualmente pensar em outro cenário.

Neste ponto é fundamental a criação de um escritório online, ou seja, um website.

Ali você poderá dispor todas as suas informações profissionais, descrição dos seus serviços e em como eles ajudam os seus clientes a resolver problemas, um sistema de atendimento online para esclarecer dúvidas dos seus clientes e claro, a realização de estratégias de marketing para atrair novos contatos.

Começar o seu negócio investindo em Home Office ou em Coworking é uma escolha econômica. Evitando grandes gastos. Com isso a dúvida de como montar um escritório de advocacia inovador e econômico é sanada.

E para melhorar ainda mais neste quesito, há a conciliação com o uso das ferramentas digitais, como integração de um blog ao seu site (marketing de conteúdo) e as redes sociais. Sempre com intuito de agregar mais reconhecimento ao seu nome dentro da área que você escolheu.

O blog pode ser usado como uma forma de educar o seu cliente mostrando que você tem respaldo para trabalhar na área e representa-lo. E assim como as redes sociais a aproximação com esse cliente.

Algumas dicas BÔNUS para o sucesso do seu novo escritório de advocacia

Utilize o marketing jurídico ao seu favor

Usar o marketing jurídico a seu favor é essencial para seu  sucesso. Entenda que falta de planejamento e estratégia, pode fazer com que você não consiga alavancar sua carreira, por isso, desde o começo, você deve se preocupar com planejamento de suas ações de marketing. Esteja pronto para usar estratégias de marketing jurídico para atrair clientes e conseguir se tornar um advogado de sucesso.

Esteja acessível online e off-line

Permitir que as pessoas consigam acesso a você não apenas de modo online ou apenas de modo presencial é mais uma forma de conseguir crescer. Lembre-se de estar aberto e acessível aos seus clientes em ambos os canais.

Seja arquiteto da sua reputação

Um dos pontos mais importantes na carreira de um advogado de sucesso é a sua reputação, sendo essa, uma verdadeira aliada para conquistar novos clientes. Construir uma boa reputação não significa de fato vencer todas as causas com que você trabalha, mas entregar um serviço de qualidade, e demonstrar aos seus clientes que você se importa com as suas necessidades e está disposto a fazer o possível para resolver os problemas deles.

Tenha uma ligação verdadeira com seus clientes

A sua ligação com seus clientes tem um peso enorme no fechamento de novos contratos, uma vez que advocacia é uma área onde as indicações são uma das formas mais tradicionais de aquisição de clientes. Além disso, manter uma ligação real com as pessoas para as quais você presta serviço, faz com que elas confiem mais em você e nas decisões que você julgar necessárias. 

Não seja limitado ao conhecimento jurídico

O conhecimento jurídico é importante, mas ele não é tudo quando o assunto é gerar conexão com seus clientes. O trabalho de um advogado é com pessoas, dessa forma, saber como se relacionar e se comunicar com cada público é essencial. Pode ter certeza que seus clientes se preocupam menos com seus títulos acadêmicos e suas capacitações profissionais, do que com o quanto você é capaz de entendê-los e de resolver o seus problemas.

Gere conteúdo relevante para seu público

Esta dica vem e encontro com a sugestão de criar um blog integrado ao seu site. Como mencionei antes, as pessoas costumam contratar os serviços de quem elas confiam, desta forma, entregar conteúdo online gratuito, original e relevante para os seus clientes, é uma forma de quebrar a primeira parede entre vocês. Estude e invista em estratégias de marketing digital e de conteúdo. Escreva sobre dicas que podem ser úteis para o público que você quer conquistar.

Saiba cobrar por seus serviços

Saber cobrar seus honorários é mais uma coisa que também pode definir ou não o seu crescimento. Entenda de uma vez por todas que todo serviço tem um preço, e todo o tempo e dinheiro que você gastou investindo na sua formação profissional deve ter um retorno para você. Evite fazer favores, e cobre por todos os serviços jurídicos que você prestar. Lembre-se que você se dedicou, trabalhou e esforçou para isso, e merece ganhar dinheiro com sua atuação profissional.

Comece devagar

Um passo de cada vez, rumo a conquista do sucesso e a realização profissional, se você tentar abraçar o mundo de uma vez, pode acabar descobrindo que não dá conta, por isso, o melhor jeito é testar seus limites com cautela, e trabalhar com metas e objetivos realistas e alcançáveis.

Lembre-se que o sucesso depende de dedicação, trabalho duro e esforço. Desta forma, arregace as mangas e comece a trabalhar para construir o sucesso da sua advocacia.

Para montar um escritório de advocacia é necessário ter disposição para iniciar algo diferente do usual, como a mente aberta para enxergar as possibilidades do meio online, e formas criativas de se comunicar com seus clientes.

Assim você poderá iniciar o seu próprio negócio sem necessitar de grandes quantias, e podendo investir em coisas que estão ligadas diretamente a sua lucratividade.

Essas foram as nossas dicas para que você consiga a cada dia construir uma carreira sólida, de sucesso, com muitos clientes.

Se esse artigo foi interessante para você, compartilhe nas redes sociais para nos incentivar e quem sabe ajudar outros colegas.

Deixe uma resposta